XUTOS PARA SEMPRE

Quarta-feira, 18 de Fevereiro de 2009
TRABALHAR NO ESTRANGEIRO...

olá, hoje vou-vos falar daquele que para muitos é um sonho ,para outros uma necessidade, e para outros é banal,

ora bem para aqueles que ja visitaram o meu perfil sabem que eu estou a viver no luxemburgo, e tenho por experiencia propria aquilo que vou dizer.

nos dias de hoje com o desemprego a assombrar muitos portugueses, a primeira opçao para uns pais desesperados é de imigrarem, ora bem isso dá que pensar pois neste momento a crise esta por todo o lado, as condiçoes que os paises dão á imigração mudaram e esta cada vez pior, se eles tem trabalho preferem da-lo aos seus cidadões, isso de uniao europeia é treta!!, primeiro nós depois os outros, é assim que se pensa aqui no estrangeiro,quando eu cá cheguei quase todos os imigrantes que falassem ao menos duas linguas , mais a materna tinha acesso a praticamente qualquer emprego, hoje isso ja não existe, um imigrante chega e tem que começar por baixo e por baixo fica, porque há sempre alguem de cá para lugares superiores,

mas depois dizem-me voces,( á pois mas o ordenado minimo ai é de 1500 euros e aqui é de 450) pois é , mas aqui a renda de uma casa com dois quartos é de 1000 euros, a creche para um filho é de 450 euros (por 6 horas diarias),o seguro basico para um carro de 1400 cc é de600 euros ano, resumindo é tudo muito mais caro, e aquelas raizes que nós temos,de amigos para nos darem umas batatinhas ou uns chouriços lá da terra aqui não existem.

antes se um imigrante ficasse sem condiçoes de vida , o estado ajudava-o,hoje o estado repatria-o,.

resumindo, para se imigrar hoje é precisso ter os pés muito bem no chao,não se pensar que se vem para um paraiso, e pensar sim que vem sofrer, e lutar por um lugar ao sol.

e agora voces dizem-me, 

e porque é que estas ai?????

ok, eu respondo,

eu continuo aqui porque ja ca estou há 15 anos , e estou a espera de uma oportunidade de regressar todos os dias, mas jogar-me no escuro e deitar fora tudo aquilo que consegui atraves de muito esforço durante estes 15 anos não me apetece,

e não pensem que foi bens materiais, foi sim estabilidade professional, e uma vida equelibrada.

mas todos os dias penso nos aivados, na ilha do pessegueiro, no malhao,e na voltinha do farol em vila nova de milfontes.

não é facil,mas consigo resistir por amor ao meu filho, e á minha esposa, aos quais quero dar uma vida estavel.

um conselho se estão a pensar imigrar, NÃO ACREDITEM EM TUDO O QUE AS PESSOAS VOS CONTAM ACERCA DESSE PAIS.

felicidades e ate breve.

 

luis silva 



publicado por LSP às 08:33
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

joguem se conseguirem...

Clique para Jogar!
pesquisar
 
links
posts recentes

TRABALHAR NO ESTRANGEIRO....

arquivos

Fevereiro 2014

Novembro 2010

Setembro 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

tags

todas as tags

CONTADOR
Contador de visita
Contador de visita
mais sobre mim
Fevereiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28


subscrever feeds